Energia renovável pelo mundo

Além de ser uma estratégia perfeitamente viável do ponto de vista da sustentabilidade, também é uma prática que favorece a economia.

A energia renovável é gerada a partir de fontes naturais que são repostas, continuamente, pelo próprio ambiente. Energia renovável pelo mundo, fonte alternativa de energia já substitui, em muitos casos, as fontes convencionais à base de combustíveis fósseis.

Confira a seguir uma lista dos países, incluindo o Brasil, que estão investindo em energia limpa e renovável.

Energia renovável pelo mundo

O uso de energia renovável cresceu muito nos últimos anos e a tendência é que esta evolução permaneça. Além de ser uma estratégia perfeitamente viável do ponto de vista da sustentabilidade, também é uma prática que favorece a economia, pois reduz gastos e garante mais autonomia já que o país deixa de depender exclusivamente de fontes de energia convencionais.

China

A China é, sem dúvidas, a grande líder em produção de energia limpa. É o país que mais investiu em energia solar nos últimos anos e pretende ser a responsável por quase metade desta produção em um futuro próximo. O número de usinas de carvão no país foi reduzido por conta disso.

Estados Unidos

Os Estados Unidos ocupam hoje o segundo lugar no investimento em energia alternativa também com foco na energia solar, setor que recebeu mais de US$ 30 bilhões, segundo a UNEP. Atualmente, cerca de 18% da energia consumida pelos americanos é proveniente da energia solar.

Japão

O desastre nuclear que o país sofreu em Fukushima foi fundamental para que o investimento em energia renovável fosse intensificado. Até o ano de 2050, o Japão tem a ousada meta de produzir de forma limpa mais de 90% da energia elétrica consumida no país.

Alemanha

A Alemanha disputa com os Estados Unidos o segundo lugar na produção de energia renovável. Os investimentos são direcionados, majoritariamente, para a energia solar e o restante para a energia eólica.

Reino Unido

Reino Unido e a Alemanha são os dois países da Europa que mais investiram em energia sustentável. O valor chegou a quase US$ 10 bilhões em 2011. Destes, o foco foi a energia solar enquanto a energia eólica ficou em segundo lugar. Vale lembrar que o Reino Unido é líder em energia eólica. Em 2018, foi inaugurado na Inglaterra o maior parque eólico offshore (em alto mar) do mundo.

Índia

A Índia não investiu muito na produção de energia renovável nos últimos anos, mas tem planos de mudar este quadro futuramente. Para isso, está planejando incentivos e investimentos com foco em energia eólica e solar.

Brasil

Entre os países em desenvolvimento, o Brasil segue como líder de investimento em energia renovável, especialmente a energia solar. Para aumentar a produção existem os incentivos do Governo dos quais falaremos mais a seguir.

Projetos de incentivo ao uso de energia renovável

Existem diversos incentivos ao uso da energia renovável. Estes incentivos foram e continuam sendo fundamentais para o aumento da produção deste tipo de energia dentro e fora do Brasil como você verá a seguir:

Net metering

Incentivo usado muito nos Estados Unidos e países da Europa. Consiste em receber um pagamento por aquela energia que foi produzida, mas que não foi consumida em sua totalidade. Ou seja, se você produz mais do que consome, pode vender o que sobrou para uma companhia elétrica.

Gross metering

Neste caso, toda a energia produzida é vendida para grandes distribuidores de energia.

Isenção parcial de impostos

Vários países usufruem deste incentivo que se baseia no desconto em parte dos impostos que seriam pagos por empresas e residências, caso elas aceitem produzir energia solar.

Isenção de impostos sobre equipamentos

Caso a empresa ou a residência tenha interesse em produzir energia solar, mas não possua os equipamentos necessários, poderá adquiri-los com isenção de impostos o que torna o preço das peças mais acessível. Estão na lista os painéis e inversores solares, por exemplo.

Como é o incentivo no Brasil?

O Brasil também tem os seus incentivos ao uso de energia sustentável e eles estão cumprindo bem o seu papel de estimular a produção de energia renovável. Conheça-os:

RN 482/12 da ANEEL

Parecido com o Net Metering, este projeto permite que o interessado produza a energia renovável e faça uma troca do excesso com a sua rede de distribuição. A diferença é que esta energia vira créditos em kwh que podem ser usados nos períodos de maior consumo ou quando a produção elétrica for mais escassa.

IPTU verde

Muitos municípios brasileiros já contam com o IPTU verde que oferece a redução do valor do imposto para aqueles que resolverem atuar na produção de energia solar.

Isenção de IPI e ICMS

Já é possível adquirir o painel solar, equipamento necessário para a geração de energia limpa, com um preço menor devido à isenção de impostos como o IPI e ICMS.

É fato que a produção e o consumo de energia renovável estão em crescente evolução no Brasil e no mundo. Tanto os países quanto o consumidor final têm muito a ganhar com essa prática que promete se intensificar cada vez mais.

A Entec Solar é uma empresa voltada para a capacitação de profissionais que desejam trabalhar neste rico e promissor ramo de atuação. Também é especialista em instalação de placas fotovoltaicas. Clique aqui e obtenha mais informações ou ligue e fale conosco: 41 3209 3101.